quinta-feira, 4 de junho de 2009

Ibovespa 03/06/2009

Dentro da AT existe um conceito segundo o qual quando uma resistência é superada ela passa a atuar como suporte. No caso, os 50% fibo era uma importante resistência e agora serve de suporte para a bolsa. No gráfico fica claro que a queda desta quarta-feira foi contida nos 50% fibo.
Outro ponto a ser analisar é a mudança de tendência. Para se admitir uma mudança de tendência é necessário que tenha ocorrido uma perda da linha de tendência. Nesta quarta-feira houve a perda de uma LTA terciária, mas não da LTA que sustenta o atual movimento altista. A queda foi acentuada em função da perda da LTA terciária: sempre que há a perda de uma LTA, a queda geralmente é acentuada, visto que sua ocorrência funciona como gatilho de ordens de venda.
Portanto, a queda desta quarta-feira não foi suficiente para mudar a tendência, visto que suportes e LTA foram mantidos. O que pode complicar é o fato do carro chefe da bolsa, Petrobrás, enfrentar uma forte resistência, conforme apresentado no gráfico publicado ontem. Uma reação do dólar, visando cubrir recentes gaps, é outro fator a se observar.

Um comentário:

Abaco disse...

Neste momento, 12:15, o Ibovespa está subindo quase 1%. Análise Técnica (AT) possuí esse nome porque a análise é técnica, e não julgamento de ordem pessoal como na Analise Fundamentalista. Enquanto não perder a LTA a tendência é alta e não posso considerar o que eu acho pessoalmente. O que vale são os gráficos.