sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Ibovespa 26/11/2009

Dubai não é um país, é apenas uma cidade. Sua dívida é irrisória quando comparada aos fundos disponíveis na cidade vizinha, Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos. O problema é que os Emirados não é um país como conhecemos: falta um arcabouço institucional, um governo central como conhecemos no ocidente. Assim, mesmo nadando em dinheiro, os Emirados ainda conseguem decretar uma desastrosa moratória que pode reavivar uma crise que parecia superada.
Como resultado, o Ibovespa voltou a cair abaixo dos 67.500 pontos, não confirmando o rompimento da resistência ocorrido na véspera. De quebra, perdeu sua LTA. Voltamos para a acumulação (ou distribuição).

3 comentários:

GBS disse...

Posição Apelido
1 Abaco 83.3%

po, primeirão no g100, parabéns, muito bom teu blog.

se puder, posta eventualmente petr e vale.

abs

Moretti disse...

quando você acha que começará a terceira perna da onda 4 ? Porque essa correção de baixa já extrapolou todos os limites...e o mercado sendo irracional(manipulacional) pode até subir mais...quem vai determinar são os gringos...mas até quando mais ou menos??

Obrigado.

Abaco disse...

Não considero o mercado irracional. O mercado nunca está errado, nós é que estamos. Se existe alguma manipulação, isso teria que ser a nível mundial. Uma sobrevalorização pode ser justificada pelos baixos DYs, porém o mercado especula o futuro, não forma preços baseado em resultados já divulgados.
Quanto a contagem de Elliott, no momento ela caducou. Atualmente se usa o argumento de onda extentida, que serve apenas para tentar manter válido o que já caducou. Para se dizer que estamos numa 4, teriamos que admitir várias extendidas, o que contraria a regra.