quarta-feira, 1 de julho de 2015

Cinco FIIs para o mês de julho

Nestes mês serão cinco, e não quatro, os fundos indicados. Efetuamos a troca de FAED11B por XPCM11, buscando aproveitar uma suposta oportunidade (ou só para dizer que indicamos um fundo de tijolo). PLRI11, por sua vez, tinha que entrar, mas o que tirar? Inflação alta e juros subindo fazem a festa dos fundos de papel.

XPCM11: está rendendo quase 1% ao mês. Possui um risco elevado, mas, no momento atual, todos os fundos de tijolo possui um risco, basca controlar diversificando.

PLRI11: Um dos poucos fundos de papel que possuem um desempenho negativo no último mês e no ano. Neste mês de julho vai pagar R$ 1,44 em proventos (ante míseros R$ 0,96 do mês de junho). Com isso seu DY foi para 1,41%. Pode-se dizer que é um não recorrente, mas no acumulado de 12 meses seu DY supera a maioria dos fundos de papel, inclusive os indicados aqui. Ou seja, está barato.

MXRF11: apesar de todas as altas, ainda está atrativo. Fundo de risco elevado e gestão não muito confiavel, por enquanto segue indicado, aproveitando a "onda".

XPGA11: os resultados começão a aparecer, com espaço para subir;

FEXC11B: rendendo 1,2% ao mês, é difícil de tirar da carteira. É daqueles que quanto mais a crise, mais atrativo fica.

5 comentários:

CEZ disse...

meio complicado entrar em um papel como esse PLRI11... baixíssima liquidez.. se for sair corre risco de deixar dinheiro na mesa....mesmo com DY interessante... risco é de se analisar...

Paulo Vieira disse...

CEZ, eu opero PLRI11, e faço pelo menos uns dois negócios por mês nela (giro para me recuperar do prejuízo que acumulo nela). O importante é avaliar o spread no papel. Hoje, no momento que escrevo, existe comprador a R$ 101,00 e vendedor a R$ 104,98, com negócios entre R$ 101,00 e R$ 102,00. O fato é que vc não vai investir em FII o dinheiro que pode precisar de imediato, nem vai colocar tudo num único fundo. Concordo que a liquidez de PLRI é muito baixa, mas para quem for investir pensando no longo prazo, vale a pena.

Uorrem Bife disse...

Tenho o PLRI para longo prazo, é o unico dos FIIs de "inflação" que não decola, o trem, rs

CEZ disse...

Olá Paulo, não considero nem plausível investir em FII para curto prazo, colocar dinheiro que vc vá precisar de imediato e colocar todos seus ovos na mesma cesta, porém, não consigo olhar para um gráfico como o deste FII e adicioná-lo em minha carteira por esta característica. Mesmo para um longo prazo, eu penso em várias alternativas considerando a saúde do fundo, o mercado e o nosso país. Com isso, considero um risco adicional a baixa liquidez de um papel.
Agradeço a atenção e as dicas mensais de fundo!
Abraço

Paulo Vieira disse...

Uorrem, desta lista de FIIs que indiquei, PLRI é o que está, até o momento, com melhor desempenho, alta de 2,54% contra 0,75% do IFIX. Não decolou justamente pela falta de liquidez.
CEZ, eu sou grafista, mas evito comprar FII pelo gráfico, apesar deles mostrarem muita coisa.
Este ano está sendo cruel, muitos fundos tradicionais fazendo água, surpresas desagradáveis nos revisionais. A última foi o FFCI, que reduziu seus proventos. No longo prazo, eu não gosto de fundos de papel, mas diante da conjuntura, é difícil ficar com fundos de tijolo sabendo que a vacância vai subir e os preços dos alugueis dificilmente acompanharão a inflação. Estamos caminhando do para uma inflação de dois dígitos.