quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Em relação ao Ibovespa

Conforme alertamos na segunda-feira, houve um rompimento da LTB e a próxima resistência é os 40 mil pontos. Portanto, o cenário mais provável é que busque esse objetivo, mas possa ter alguma dificuldade em se consolidar acima dos 40 mil pontos. Após essa barreira, o objetivo é completar o Butterfly, lembrando que é Bearish Butterfly.

4 comentários:

Anônimo disse...

Prezado...

O que significa bearish butterfly em matéria de objetivo e em que o difere do bullish butterfly..??

Outra coisa... se perder os 40 K pode formar um OCO...???

Anônimo disse...

Olá Ábaco, tenho acompanhado suas análises, mas acho que vc poderia descrever melhor esse padrão citado pelo comentário acima, achei alguma coisa sobre ele em inglês, mas vc poderia esclarecê-lo melhor para que possamos acompanhar.

Abaco disse...

O bearish butterfly mede até onde pode ir a pressão altista, confrontando com uma pressão baixista. Por isso, admite-se que apos o ponto E ocorra uma queda. O bullish butterfly é o mesmo que o anterior, só que os pontos estão invertidos, com o ponto E indicando o objetivo da queda.

Quanto ao OCO, até poderia, mas não é confirmado pelo volume. Num OCO, o último ombro deve ter uma queda no volume, o que não está acontecendo.

Abaco disse...

Algumas das técnicas que são não são muito simples. O Butterfly é um tipo de harmônico. Basicamente, busca identificar forças altistas e baixista e medir, através dos gráficos, a intensidade de cada uma. No caso do Butterfly, você pode identificar que forma inicialmente um fundo (B). Em seguida há uma alta que não segue a retornar topo anterior (o ponto C fica abaixo do ponto A). É butterfly por essa alta ter recuperado 78,6% da queda. Na queda seguinte não chega a alcançar o fundo anterior (D>B) indicando que há, de fato, uma força altista. A partir dessa confirmação projeta-se a alta com auxilio de fibonacci. Após essa alta, o papel fica caro e há uma queda.

Para o butterfly se considera 78,6% de recuperação, indicado que o ponto E(final) > A (inicio), ou seja, há momentaneamente uma pressão altista superior a baixista. Se a primeira alta ficasse em 50% do movimento anterior, teríamos uma indicação que a força altista é fraca. Disso resulta que o ponto E será inferior a A. É o Bat Pattern. Se fosse 60% seria um Gartley ou Crab.

No final, usamos fibonacci para auxiliar nesses cálculos. Infelizmente, a explicação completa daria para escrever um livro com algumas centenas de páginas (eu tenho um). A página com as figuras fica em http://harmonictrader.com/price_patterns.htm